quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Estou de volta, com a corda toda!

Voltei! Eu já havia me programado ficar um pouco off em dezembro e janeiro, mas por força de alguns probleminhas de saúde acabei ficando muuuito off.

Mas já estou com a corda toda de novo. Pelos próximos dias, pretendo mudar o layout do Canastra e passar a escrever com mais frequência, como se esse cantinho fosse meu diário pessoal literário, aliás, objetivo inicial dele. E como todo diário, toda vez que eu ler alguma matéria muito legal, que não queira perder o link, vou comentar aqui, como se fosse um pequeno recorte de jornal que colamos nas folhas dos nossos diários.

Muitas mudanças serão feitas nos meus espaços, para que o tempo possa ser dividido de forma justa, não só com as divulgações que não quero abandonar, mas com a minha própria literatura.

E para mostrar que esse espaço aqui é especial, divulgo em primeira mão as duas grandes mudanças que vão acontecer essa semana:

1º) O meu site Sobrecapa (dedicado aos lançamentos literários) passará a publicar um jornal virtual mensal, chamado Sobrecapa Literal. E a primeira edição vai ao ar amanhã (dia 3 de fevereiro). O jornal concentrará artigos, releases sobre livros, lista de mais vendidos (exclusiva da literatura nacional), dicas de português com uma colunista de mão cheia, agenda, concursos literários, dicas de cursos, e muito mais.

Pretendo abrir uma seção: "Com a palavra, o leitor", para que os leitores possam dizer o que está acontecendo de literário em suas cidades. Ou dar dicas de leituras.

É para ser um ponto de encontro, informal, do jeito que a leitura tem que ser.

2º) O blog Ficção de Gaveta (de concursos literários) será descontinuado. Ele passa a ser uma seção dentro do jornal Sobrecapa Literal.

Agora, novidades divulgadas, vamos voltar às anotações do meu diário...

Essa semana eu li uma matéria na Época, escrita pela Eliane Brum, que me deixou muito tocada. Tive o prazer de conviver em oficinas com o Luiz Ruffato, e a definição que a Eliane fez dele: "Ele é uma das pessoas mais encantadoras e generosas que já conheci. Encontrá-lo é como chegar em casa." é uma das definições mais perfeitas que alguém poderia fazer do Luiz. Ele é uma pessoa fantástica. Aliás, existem pessoas fantásticas no meio literário, mas também existem pessoas que, como disse a Eliane, são tão arrogantes e mesquinhas, que ufa!, é melhor chegar perto apenas dos textos, e olhe lá, porque às vezes nem o texto vale a pena. Mas o Luiz, não, ele é aquela pessoa que nos brinda com generosidade, com inteligência, e faz com que a gente sinta privilégio de ser seu amigo. Não deixem de ler a matéria "A Igreja do Livro Transformador" no site da Época, e conheçam um pouco mais desse cara fantástico.

Aliás, falando em generosidade, deixo aqui minhas orações e torcidas pelo Moacyr Scliar, que está internado depois de ter sofrido um AVC. Que ele fique logo bom, pois ele é outro autor que tive o prazer de conhecer e reconhecer a generosidade imensa, tão grande quanto o seu talento.

Força, Moacyr. Estamos torcendo por você.

E aproveitando matérias que nos deixam orgulhosos, confiram outra matéria da Eliane, dessa vez com o Rogério Pereira, editor do Rascunho, talvez o único jornal realmente literário que temos no país. Ele é um batalhador e um orgulho para o meio literário. Então, separem um tempinho e leiam também a matéria "A vingança de Rogério Pereira".

E para fechar o dia, uma super notícia: A Livraria Cultura vem para o Rio. Uhuuuuu!!!!

A grande rede inaugura duas lojas no Rio. A primeira e maior, com 3300 metros quadrados, será no Centro, onde funcionava o Cine Vitória (Cinelândia). A outra ocupará 1000 metros quadrados no shopping Fashion Mall.

Pena que vamos ter que esperar até o segundo semestre. Mas quem sabe eu já não lanço lá o "De volta à Caixa de Desejos", que será publicado esse ano. :)

Beijinhos e até a próxima anotação no meu diário.

Um comentário:

HÉLIO SENA disse...

Quem bom que você está de volta, Ana Cristina! Adorei as novidades.Um forte abraço!!!